terça-feira, 22 de setembro de 2015

Ervilina e o Princês

A Cia Teatro Livro Aberto está novamente no Projeto Teatro Escola do Sesc Nogueira.
E um dos espetáculos que levamos este ano para a criançada é Ervilina e o Princês.








“Ervilina e o Princês, de Sylvia Orthof, conta a história de um príncipe, filho de um rei irreal, que morava no castelo da montanha de pedra lisa e cristal. O filho da rainha sente uma solidão imensa e deseja casar com uma moça que fosse sensível e delicada, como uma rosa, ou uma fada! Então aparece 'umazinha', toda pobre e esfarrapada, seu nome é Ervilina, mas muito delicada tal qual rosa, tal qual fada.”

Rico, colorido, musical, com lindos figurinos e com belíssimos cenários, o espetáculo desperta a beleza do lúdico, tão esquecido por horas; convida as crianças e os espectadores para fazer uma grande viagem onde a maior aventura é a esperança de se ter um grande amor.
Com um elenco afinado e direção de qualidade, o espetáculo é um convite para se divertir e se emocionar. E as músicas de uma lindeza sem fim dá o tom de alegria por toda a montagem.


Elenco – Fernando Vianna, Rosa Muller, Simone Gonçalves, Marcio Negócio e Fabio Branco.
Direção – Fernando Vianna
Direção Musical – Marcio Negócio
Produção – Renata Garcia



quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Teve Poesia no Lago!

Ponto de Tecer Poesia aportou no Sesc Quitandinha pelo lindo lago e o público pode se encantar pelas linhas de Sylvia Orthof.
Nosso ''Ponto'' é, antes de tudo, uma alegria em forma de poesia.
É amor, é afeto.
Cantigas de roda se desenrolam para divertir e emocionar.
E não foi diferente em mais essa apresentação: crianças e adultos cantaram, riram, participaram com palmas e emoção!
Foi lindo!











Elenco - Fernando Vianna, William Esteves, Vania Moreira, Simone Gonçalves e Guto Menezes
Direção - Fernando Vianna


domingo, 14 de junho de 2015

A Viagem de Um Barquinho





Em apresentação no Sesc Quitandinha neste domingo, dia 14 de junho, o Livro Aberto encenou A Viagem de Um Barquinho.
Esse foi o primeiro livro de Sylvia Orthof e em 2015 ele completa 40 anos com um fôlego de adolescente e atualíssimo ...

" ... E foi como num rio azul, um rio de pano, um rio de faz de conta na Viagem de Um Barquinho, que Ana Maria Machado pulou para dentro da vida de Sylvia Orthof e ela virou escritora de textos acriançados-adultentos."

No palco, desenrola-se um rio de pano. Sobre ele, as suas margens, as descobertas do menino, que perdeu seu barquinho de papel, em corredeiras de tule azul. Ele, como todos nos, é vítima da doce ilusão de que poderemos conservar sempre por perto aquilo que amamos, sem perdas, nem transformações. Fábula sobre o crescimento - ou viagem pelo não-esquecimento, pela fidelidade e pela amizade - e a aventura começa. E começa também a jornada ao lado do menino, que chora e ri, canta e sonha, busca e encontra, fazendo novos aliados, à medida que percebe e amplia seus horizontes.
Cresce o Barco em sua escapada, para realizar seu destino: conhecer o mar-oceano, cheio de perigos e mistérios. Cresce o menino, que busca o passeio, e aprende o futuro, onde tudo muda: água de rio e de mar, que nunca param de falar da liberdade essencial de ir e de voltar. E crescemos nós, na doçura e cada som e movimento, que vão ecoando, devagar, na peça de tule, feita para ser e parecer de brinquedo.















sábado, 21 de fevereiro de 2015

Prêmio Maestro Guerra Peixe 2015


Esse ano se inicia com boas novas.

A Cia. Teatro Livro Aberto foi indicada ao Prêmio Maestro Guerra Peixe pelos seus 25 anos de atuação no cenário cultural petropolitano.

Estamos muito orgulhosos pelo reconhecimento e felizes em continuar trilhando essa estrada de arte e alegria que nossa madrinha Sylvia Orthof nos deixou. E hoje, com a bela missão de mante-la viva em cada cena. cada poesia, cada música que podemos levar aos palcos, praças, escolas...

Sylvia Orthof é merecedora de cada homenagem possível e essa indicação nos matem firme nas suas linhas de encanto; nas rendas e rimas do Ponto de Tecer Poesia; nos pandeiros ciganos do Cavalo Transparente; nas mães, pais, tias e madrinhas de Se as Coisas Fossem Mães; pelos mares e rios de A Viagem de um Barquinho e tantos outros momentos em que sentimos sua presença, seu amor puro pela arte.

Viva a arte nossa de cada dia!!
Viva Sylvia Orthof!!
Ave alegria!!!




terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Abrindo Agenda de 2015!

O ano começou quietinho, de férias e todos estão descansando, viajando, aproveitando os dias de verão.
Mas o Livro Aberto já tem data marcada para abrir 2015!
Dê uma olhada em nossa Agenda e vem com a gente!

O Cavalo Transparente

A Viagem de Um Barquinho

Ervilina e o Princês

Ponto de Tecer Poesia

Lustrosa, Cantora Misteriosa

Se as Coisas Fossem Mães

Zé Vagão da Roda Fina e Sua Mãe Leopoldina

Historietas Cantadas



Entrem em contato!

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Mais Cultura nas Escolas

A Cia. Teatro Livro Aberto foi convidada pela E.M. Bataillard de Petrópolis a participar do Programa do Governo Federal Mais Cultura nas Escolas que tem como objetivo o ''reconhecimento da escola como espaço de circulação e produção da diversidade cultural brasileira. Contribuir para a formação de público para as artes e ampliar o repertório cultural da comunidade escolar.''
Estamos presente no projeto com apresentações e oficinas teatrais onde os alunos, além de espectadores, são inseridos na dinâmica do mundo teatral conhecendo desde a produção até a finalização da montagem de um espetáculo.
Começamos o Mais Cultura nas Escolas em agosto com o espetáculo Historietas Cantadas, em setembro foi a vez do Cavalo Transparente e esse mês o espetáculo apresentado foi Ponto De Tecer Poesia. Os alunos ainda assistirão Ervilina e o Princês, Zé Vagão da Roda Fina e sua Mãe Leopoldina e Se as Coisas Fossem Mães.
Entre as oficinas os alunos participam de Conversas Literárias, Elaboração de Textos Teatrais, Dinâmicas de Expressão Corporal, Trilhas Sonoras e Confecção de Figurinos e Cenários.
A participação da Cia. Teatro Livro Aberto no Programa Mais Cultura nas Escolas vem de encontro a nossa proposta que é unir educação, cultura e arte num só espaço promovendo a afetividade e criatividade e formando novas plateias e novos leitores.













Fotos - Jonatan Moura